E hoje é dia de banana com kiwi!

Flor...

Macaco...

JM - José Marcos


Quando JM aprova, mamãe fica feliz da vida!


Beijos, 
Genis ;)

Olá famílias!

JM ganhou dois saquinhos de confetes de chocolate e começou a brincar com eles, separando por cores, uma inciativa sua. 

Observando isso, peguei uns copinhos e pedi para que ele separasse os confetes pelas cores e contasse quanto tinha de confete de cada cor. Ele gostou da ideia e foi fazendo tudo direitinho. Algumas vezes contava um a mais ou um a menos e eu estava ali para fazer as intervenções quando necessário.

Aprender a contar é um marco muito importante para o aprendizado da criança. Pra nós, adultos, contar parece muito fácil e simples, mas aprender a contar não é somente repetir os números em sequência, isso é decorar os números e também não deixa de ser importante, pois mostra que a criança está aprendendo o nome dos números corretamente.

Nessa brincadeira de separar os confetes, JM utilizou o conceito de classificação, pois separou os chocolates por categoria, cores. Classificar é muito importante, pois a criança consegue organizar coleções que possa quantificar. Após, JM quantificou os confetes, ora acertando, ora 'errando'. O mais importante é que ele aplicou os conceitos de classificar e quantificar de forma natural, com a mediação da mamãe, mas sem deixar de chegar às suas próprias descobertas.

Ajudar a criança a reconhecer e distinguir entre grupos de uma, duas, três coisas e etc é um ótimo início para conceitos matemáticos, que quando começados dentro de casa, estimulam ainda mais o aprendizado das crianças.



 E depois de muito aprendizado... não deixamos de saborear os chocolates! 
Hmmmm...



Olá famílias!

JM entrou literalmente na onda da reciclagem!

Mostrei pra ele três caixas de tamanhos diferentes e sugeri que fizéssemos ele, o papai e a mamãe e ele imediatamente já foi falando: "O papai é o gandão, a mamãe é a média e eu sou o pequenininho".

Fiquei pensando em qual momento ele aprendeu sobre o que é "médio"  e não sei, talvez na escola ou observando as conversas dos adultos... só sei que ele sabe que o médio era a caixinha do meio, a mamãe...  rsrs

Encapei as caixas com folhas coloridas A4.

E fiz os moldes de três pessoas com folha branca.
Exagerei no tamanho da cabeça?
Não!
JM procurou objetos redondos pra eu desenhar a cabeça e eu deixei ele fazer as suas escolhas sobre os tamanhos.
Embora ficamos parecendo ETs... JM adorou o resultado e disse "Que lindo mamãe! A cabeça tá gandão!"

JM é muito detalhista para os desenhos e pinturas e passa um bom tempinho caprichando nas suas atividades.
Observem os detalhes dos cabelos, mãos, a troca de cores para fazer os sapatinhos e as roupinhas... agora, ele começou a fazer o nariz e a sobrancelha também.
Eu não me canso de olhar e ver o quanto ele tem se desenvolvido a cada arte que fazemos.

Lindo, lindo!

As caixinhas antes e depois! 
Gostaram?


Um abraço bem apertado!
Genis ;)


Vamos para uma Ilha?



Ah, esse prato divertido combinou muito com o verão, concordam?

Beijos, Genis ;)