Olá famílias!

É incrível como JM tem despertado o interesse pelos animais mais 'radicais': jacaré, leão, dinossauro, cobra, onça, etc...
Esses dias ele pediu um pratinho divertido de dinossauro (ainda tô pensando em como fazer... aceito dicas!) e sempre que vê algum desses animais (filme, desenhos, TV, brinquedos), fica eufórico!
Com toda esse interesse dele por estes animais, propus que fizéssemos uma cobra!
Nossa, ele pirou de alegria!
O pior é que falei logo na hora de dormir e ele queria fazer naquele momento de qualquer jeito, mas consegui explicar que seria só no outro dia, pra gente ter mais tempo e blábláblá... 
Ele se convenceu, mas ao acordar já gritou do berço "Mamãe, acodei! Vamu fazê a coba!" Deve ter até sonhado com isso! Só aceitou a fazer o lanchinho da manhã depois que pintou todos os rolinhos! Tadinho... 

10 rolinhos

JM escolheu a cor verde.

Pintando com paciência e dedicação.

Passei fitas entre os rolinhos pra prender um no outro.

Cortei dois rolinhos pra fazer a cabeça e a cauda, fiz a língua de cartolina vermelha e JM desenhou os olhos.

JM amou a cobra!

Gosta de passear com ela pela casa...

...e fazer 'manobras' radicais!





Agora, temos uma cobra em casa, de estimação!

video

♪ "A cobra não tem pé
A cobra não tem mão
Como é que cobra sobe num pezinho de limão?

Ela vai subindo, vai, vai, vai
Vai se enrolando, vai, vai, vai" ♫





Muitos beijinhos, Genis ;)



Vale à pena revisitar os acontecimentos do nascimento de Jesus na cidade de Belém. Tudo começou quando uma jovem de Nazaré recebeu a informação de que tinha sido escolhida para receber em seu útero o Deus encarnado em Jesus, por ação bendita do Espírito Santo de Deus e respondeu contundentemente: “Eu pago o preço!”

Quase no fim da gestação, Maria e José, foram obrigados a viajarem até Belém por conta de um decreto do mandatário romano, César Augusto, que instituiu um censo em todas as províncias dominadas por Roma. Enquanto estava em Belém, a criança sinalizou que o tempo da gestação tinha se cumprido e Jesus então nasce. Maria, depois de envolver o bebê em panos, colocou-o numa manjedoura, porque não havia lugar nas hospedarias da cidade.

O primeiro Natal foi celebrado num lugar muito humilde, um cenário bastante rústico. A manjedoura é o lugar (douro), onde os animais comem (manjar). Na verdade, a pompa do ambiente pouco importava para Deus. Importante mesmo era a pessoa de Jesus, o Filho de Deus, que entrava na história, e os anjos foram comunicados de que aquela criança de Belém era o Cristo (grego), ou, o Messias (hebraico) que significava: o Ungido de Deus.

Infelizmente, o Natal tem sido marcado principalmente pela ostentação. Enquanto isso, a pessoa de Jesus deixa de ter proeminência e perde cada vez mais espaço. Uma cena que deve ser destacada, além da presença dos pastores que correram até Belém e priorizaram o Messias de Deus, é a figura do casal José e Maria, cuidando da criança recém nascida. 

Na celebração do Natal, Jesus é o protagonista principal. Ele é o enviado de Deus para construir e sedimentar o caminho de volta para o Pai. Na verdade, Ele mesmo é o caminho de volta para Deus, mas a família que celebra unida em torno do Cristo de Deus agrada sobremaneira ao Senhor. Neste Natal reúna sua família e celebre, antes de tudo, Jesus como o mais extraordinário presente de Deus e lembre-se que os aparatos são o  que menos importa. 
Por Pr. Júlio César




Um Feliz Natal pra você e toda a sua família!
Que o aniversariante Jesus faça morada em nossas casas.
Beijos, Genis ;)
Olá famílias!

Neste livro, as mais belas histórias da Bíblia foram selecionadas e recontadas em forma de rima para servir como auxílio para pais e professores ensinarem a mensagem bíblica à criança pequena. No total são 21 histórias: nove do Antigo Testamento e 12 do Novo Testamento. Entre elas destacam-se: a criação do universo, a arca de Noé, Davi e Golias, Daniel na cova dos leões, o nascimento de Jesus, o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes e a crucificação e ressurreição de Jesus. Totalmente repaginada, a publicação é uma reedição da obra lançada em 2007 com o nome Histórias Bíblicas em Rimas. 
(Extraído DAQUI.)





Disponível em duas opções de capa: 
rosa para meninas, e azul para meninos.



"Conta pra Mim - Histórias da Bíblia", com narrativas recontadas por Silvia Reinhold Timm e ilustrações de Kristina Stephenson. Ed. SBB.