Olá famílias! 

JM ainda não despertou para os ovos de chocolates. Fomos ao supermercado e ele achou tudo lindo e ficou nos mostrando toda a decoração! Na escola ele aprendeu musiquinhas de Páscoa que falam de coelhinhos e fica cantarolando pelos cantos. Motivada por essa magia, mas sem esquecer e ensinar à ele o real motivo da Páscoa, fiz alguns pratinhos divertidos com formato de coelhinho. Ele curtiu demais e comeu tudinho, o que é o mais importante!

O arroz ganhou formato de coelhinho e ao redor dele, fricassê de frango.




E a omelete se transformou um um simpático coelhinho dentuço.




Que delícia!!

Uma ótima Páscoa para você.
Beijos, Genis ;)





Aqui em casa as brincadeiras que meu marido tem com o JM são muito diferentes das minhas brincadeiras. As brincadeiras com o pai são com muito barulho! São tantos gritos de monstros, dinossauros, leões, guerra de travesseiros... que quem está de fora e ouvir, não vai entender nada!

Com a mamãe é tudo mais delicado e com o papai sai de baixo!

Dia desses JM veio pra cima de mim como um leão! Nossa, eu gritei: "Cuidado com o meu peito!", mas tomei uma cotovelada que olha, doeu, e ele agora entende que a mamãe é 'menina' e que precisa de maior cuidado. 

Eu acho o máximo essas brincadeiras, me divirto, mas só olhando de longe! A primeira vez que meu marido jogou JM pra cima, quase morri de susto! JM adorou, é claro e ficou movimentando o corpinho pra frente, como se tivesse pedindo mais (era ainda bebê).

A mamãe brinca e brinca bastante! Mas, com o papai é tudo muito mais radical e essa é justamente a palavra que JM usa para qualificar as brincadeiras com o papai "Radical".

Naturalmente, os homens preferem brincadeiras que envolvam jogos e lutas, algo que envolva competição e segundo os especialistas, os homens estimulam mais as crianças a resolverem as coisas por si mesmas e, pesquisando sobre esse assunto, aprendi que além de ajudar no desenvolvimento dos filhos, o pai também se desestressa quando entra para o universo infantil. 

Essa convivência e brincadeiras entre pai e filho, faz com que o pai viva mais e sofra menos acidentes, porque tende a se cuidar mais. Percebo que aqui em casa aconteceu exatamente isso. Meu marido nunca se preocupou muito com a saúde e agora quando se sente mal, pensa logo em JM. Esses dias ouvi a seguinte frase "Marca médico pra mim, pois preciso fazer um checkup. JM precisa do pai aqui". #Lindo

Eu incentivo essas brincadeiras, apesar do barulho e de ficar apreensiva às vezes, pois sei que é ótimo para o relacionamento dos dois.
















E na sua casa, as brincadeiras com o papai são diferentes? Comente!

Um super beijo! Genis ;)
Delícia é recordar as brincadeiras de infância e uma que me traz muita saudade é brincar na pracinha.

Hoje em dia, com a violência urbana, pai e mãe que trabalham fora e crianças que ficam o dia todo na escola, as brincadeiras na pracinha estão a cada dia mais escassas. 

Eu faço questão de levar JM na pracinha. Brincar na pracinha é conhecer gente nova, compartilhar o que se sabe, é aprender e descobrir, é preservar o patrimônio público e passar momentos ao ar livre e observar o comportamento social de seu filho.

O que está esperando? Procure uma pracinha aí no seu bairro e se delicie revivendo essa linda brincadeira de infância.





Abraços, Genis ;)


Olá famílias!

No dia 20 de fevereiro lancei uma campanha para ajudar uma criança que não tinha enxoval. Para saber um pouco mais, clique AQUI. E, algumas empresas gentilmente fizeram algumas doações.

Muito obrigada as empresas parceiras. 

A empresa Baby Roger fez doação de fraldas, lenços, shampoo e condicionador.

SERVIÇO:
Site: http://www.babyroger.com.br

---------------------------------------------------------- ♥

A empresa BabyCub fez doação de roupinhas para o bebê.


SERVIÇO:
Site: http://www.babycub.com.br


---------------------------------------------------------- ♥

A empresa Capricho fez doação de fraldas.
Resultado de imagem para fraldas capricho


SERVIÇO:
Site: http://www.fraldascapricho.com.br/



---------------------------------------------------------- ♥



* As doações foram feitas no sábado.
Olá famílias!

Hoje não vou falar sobre as mudanças físicas ou emocionais depois da vinda de nosso primeiro filho, vou falar sobre as mudanças em nossa casa! Sim, como anda a sua casa depois da chegada de seu bebê?

Bem, aqui em casa muitas coisas mudaram...

Quando minhas colegas de trabalho vieram em minha casa pela primeira vez, elas ficaram um bom tempo dizendo que eu não cozinhava, porque a cozinha era limpíssima e diziam também que minha casa era casa de boneca, que não tinha nada fora do lugar ou algum sinal de sujeira. Isso era verdade, digo era, porque hoje as coisas são bem diferentes.

Em cada cômodo há um detalhe a ser observado, um objeto de decoração que antes da chegada de JM não existia, um brinquedinho, uma toalhinha deixada no sofá, copinhos, garrafinhas e muitas outras coisinhas espalhadas por toda casa!

E o cheiro? Além do cheirinho maravilhoso de criança, xampuzinhosperfuminhos,creminhos e lencinhos também se encontram pelo quarto e banheiro!

No varal tem roupas pequeninas, toalha de banho colorida e na cozinha alguns acessórios à vista, pra ficar mais prático na hora de usar. 

No banheiro tem tapete de patinhos e um monte de coisinhas pra criança! E, pelas paredes ficam de vez em quando as marquinhas de mãozinhas sujas!

Algumas pessoas comentam que minha casa anda desorganizada e eu respondo “Isso é fase e tá passando tão rápido, daqui a pouco vou sentir saudades...”

Não sou neurótica, não tenho mania de limpeza e nem tenho tempo pra isso. Dou uma ajeitada, limpo o que é prioridade e pronto. Gosto das coisas organizadas, mas não deixo isso se tornar uma paranoia.

Me lembro ainda de quando era criança, numa família de 6 irmãos, fazíamos uma bagunça! A medida que fomos crescendo, íamos ajudando na tarefa de casa. Parece que foi ontem, pois passou tão depressa... 

Ensino JM a juntar os brinquedos, guardar o sapatinho, as roupas, essas coisas... 

Minha casa não é a mesma, minha vida não é a mesma. Uma coisa eu tenho certeza "Sou muito mais completa em meio as baguncinhas de agora..."

E quando chega visita, num saio correndo pra guardar não! Quem já teve criança em casa, entende e, quem não teve, um dia vai ter e vai ver que tudo isso é normal!

Com o tempo as coisas vão se ajeitando...



Beijos, Genis ;)
Na BABYCUB é assim: 
Você recebe as roupas para seu filho (ou filha) sem sair de casa. 
Contrate os serviços da BABYCUB e tenha sempre uma boa surpresa!
As roupinhas chegam dentro de uma linda caixinha!


PACOTES:

2 peças = R$ 79   + frete
3 peças = R$ 109 + frete
6 peças = R$ 199 + frete


PERIODICIDADE:

Planos Mensais
Planos Bimestrais
Planos Trimestrais
E uma opção de compra sem assinatura e sem compromisso!


 Gostou da facilidade e dos ótimos preços?


E TEM DESCONTO!!

E para as minhas leitoras, a BABYCUB está disponibilizando um desconto no valor de R$ 20,00 na compra da caixinha.
É só clicar no banner abaixo, se cadastrar e pronto! O desconto é seu!

O código do desconto é: RECICLANDO20
Válido até 15 de março







SERVIÇO:
Site: http://www.babycub.com.br




Olá famílias!

JM a cada dia que passa se interessa mais por animais selvagens. 
Suas paixões do momento (além dos dinossauros) são os tigres, jacarés e onças. Para se sentir mais forte ele veste a camisa do papai e diz "Sou fotão igual o papai" e começa a brincadeira onde diversos animais, seu amigo imaginário Tarzan e outros personagens, entram em cena.
Minha casa se transforma em uma selva!

Amarrando um cinto (da mamãe) no tigrão.

Passeando com o tigrão pela casa.

Exausto de tanto brincar!

Hora do descanso. Tudo ajeitado por JM para o seu amigo tigrão descansar.

Quando JM cria cenários, inventa personagens e situações, desenvolve habilidades sociais e verbais. Eu fico um bom tempo só observando, mas sempre entro pra brincadeira o que estreita ainda mais nosso laço afetivo.


Um abraço de tigre pra você! rsrs
Genis ;)


Olá Mamães!

Clica AQUI.


E o papo de hoje é sobre as lembranças da época da gravidez...

Te espero por !


Grande abraço, Genis