Bom dia!

Recebi uma pergunta aqui no blog sobre como organizar brinquedos sem muito custo. A pergunta foi da querida Danielle Cardão. Vejam só:

  1. Oi Genis amei a dica e eu tava precisando mesmo organizar esses papéis aqui em casa. Vc sabe alguma dica sobre organizar brinquedos sem muito custo.

    Obrigada e Beijosssssssssssss, Dani Cardão.


    Então, vou dar uma sugestão bem baratinha, funcional e bonita:
Caixa reciclada para guardar brinquedos

José Marcos teve a sua primeira caixa reciclada quando fez 10 meses. Ele já conseguia levantar e se apoiar e a caixa foi ótima pra começar a ensiná-lo a escolher e organizar seus próprios brinquedos.

Esta caixa durou muito tempo e além de guardar brinquedos, serviu como brinquedo também, pois JM gostava de ficar dentro dela e a medida que foi crescendo, novas brincadeiras com a caixa foram surgindo.









Esta semana, fiz uma nova caixa de brinquedos para JM. Ganhei duas caixas grandes da minha mãe e deixei uma para guardar (arquivar) algumas coisas na garagem e a outra decorei para guardar os brinquedos de JM no seu quartinho. 

Confira o passo a passo e deixe sua opinião no final do post.


Encapei a caixa com cartolinas coloridas e fiz letras, números, sinais e formas geométricas para enfeitar, usando folhas A4.









E ficou assim: Uma caixa, caprichada, decorada e funcional.
JM adorou e ficou uma graça no quartinho dele.





Espero que tenha gostado! Genis ;)




Antes de JM nascer eu não tinha hora e nem lugar pra comer. 
Não tinha hora pra chegar em casa.
Independente do tempo, não era tão preocupante se o carro quebrou e naquele momento eu precisaria andar de ônibus. 
Podia dormir ou acordar tarde. 
Podia namorar em qualquer cômodo da casa. 
Tomava Coca-Cola e comia fast food sem me preocupar se estaria dando exemplo de alimentação não saudável pra alguém. 
Assistia filmes de suspense, guerras ou romântico em qualquer horário do dia. 
Não escolhia entre comprar um tênis nº 24 (porque o pezinho do moleque cresceu) ou um sapato lindo que vi na vitrine que ia combinar com a minha roupa. 
A casa era arrumada, impecável!
Tempo? Esse me sobrava. 
Cama compartilhada? Não! Cama só para o casal. 
As compras eram tranquilas ao supermercado. 
E sobre o amor? Sim, amo muitas pessoas e até muitas coisas, mas conheci um AMOR totalmente novo, especial e sobrenatural depois da maternidade. Um amor que dá forças onde não tem força e hoje sou mais forte, mais humana e me sinto uma pessoa/mulher/professora muito melhor.

E nossa BC tem como proposta falar sobre o que muda "depois" da maternidade, mas chego a conclusão de que desde que pegamos o resultado "positivo", nossa vida já muda totalmente. Começamos a pensar em quem fará o nosso parto, como será o quarto e o enxoval do filho(a), qual será o nome do bebê, será menino ou menina... E, além de todas as preocupações, dúvidas e preparações, tem também as mudanças no corpo. Eita! Essa mudança por aqui, não foi muito generosa...

Enfim, não tem como ser mãe e continuar a mesma pessoa.

Alguma pessoa lendo este post pode pensar "Será que a Genis gostaria de voltar a vida de antes?" 

Se eu queria voltar a minha vida tranquila de antes? Não, definitivamente Não! Eu amo ser mãe, amo meu filho, amo minha vida, minha nova e corrida rotina e quer saber de um segredo? Ano que vem vou encomendar o segundo! rsrs


Compartilhe conosco a sua experiência. Conte o que mudou em sua vida após a maternidade e insira o seu link de participação no blog Mamães em Rede.

Grande abraço, Genis ;)


Essa BC é uma iniciativa do blog Mamães em Rede. Participe!



A professora de Educação Física de JM levou um livrinho para contar historinha para os pequenos. Ela me encontrou e contou que JM ficou encantado com o livro e com os sons dos animais.

O que ela fez? Pediu para eu trazer o livrinho pra casa e deixar emprestado com JM por alguns dias...

JM tem um livro com sons de animais também. Desde bem pequeno curtiu muito o livrinho até a bateria acabar, mas esse parece que o atraiu bastante pelo colorido. 

Eu adoro e recomendo livros de pano, são educativos, divertidos, seguros, além de muito fofinhos!





video

video

Mais uma dica de leitura da mamãe Genis ;)



"Os Sons dos Animais". Livro de Pano Sonoro - Ciranda Cultural.




Este livro é bem antigo. Faz parte das minha compras de livros desde o tempo que fazia magistério. Tenho muitos dessa época que agora são exclusivos de JM.


"Miguel" era um menino diferente dos outros e era muito criativo. Durante as aulas ele não prestava atenção ao que os professores estavam a ensinar. Seus professores diziam que ele era o pior aluno da classe por viver no 'mundo da lua' e estar sempre atrasado.


Miguel adorava ler e ficava sempre a imaginar muitas coisas. Um dia, Miguel mudou a opinião dos professores, pois ele criou seu próprio foguete, utilizando diversos materiais e conseguiu ir longe...

JM adorou a história e pediu pra a gente fazer um foguete igual ao de Miguel. Bem, a mamãe tentou fazer, usando rolinhos de papel higiênico e EVA. Confia:

Mais uma dica de leitura da mamãe Genis ;)



"Miguel". Tony Bradman e Tony Ross. Salmandra.


Olá famílias,

Este livro conta a história de uma Aranha que brincava na fazenda, quando de repente foi levada por um vento forte, voando por vários lugares...

A criança pode acompanhar a trilha da aventura da Aranha, passando o dedinho nas teias que estão em alto relevo. 

Em sua aventura, com a ajuda do vento, a Aranha Aventureira se encontra com vários animais da fazenda e no final, o vento a leva exatamente pra sua 'casa', onde ela se encontra com a mamãe.



Mais uma dica de leitura da mamãe Genis ;)


"A Aranha Aventureira". Keith Chapman. Ed. Ciranda Cultural


E resgatando uma brincadeira da velha infância, trago para vocês o ABRE-FECHA. (Passo a passo aqui)

Brincava muito de abre-fecha e tinha muita facilidade para montar o joguinho e acabava fazendo para os amigos também.

Resolvi ensinar essa brincadeira pra JM. Fiz toda a dobradura, as bolinhas coloridas e escrevi adjetivos positivos. Expliquei que ele tainha que escolher um número até 10 e depois uma cor e ele entendeu direitinho.

Brincamos um bom tempo e ele adorou todas as vezes, pois só escrevi palavras boas, como: lindo, inteligente, esperto etc.








JM disse que esse joguinho parece uma coroa de rei! rsrs Quanta imaginação! 
E num é que parece mesmo?!

Essa BC é uma iniciativa das amigas blogueiras 

Abraços, Genis ;)


Olá famílias!

Não tive problemas para iniciar a escovação de JM e logo que ele fez 2 anos, começou a se interessar por escovar os dentes sozinho. Toda vez que eu ia escovar os pequenos dentinhos dele, ele puxava a escova da minha mão. A partir dessa iniciativa dele, pensei numa maneira de não contrariá-lo, mas mantendo uma boa higiene, pois percebia que sua escovação não era eficaz. Então, todas as vezes que ele terminava de fazer a escovação, eu dizia "Deixa a mamãe ver se saíram todos os bichinhos?" E aproveitava o bocão aberto, para fazer a escovação mais detalhada.


Mas, nem todas as mamães vivem esse momento tranquilamente. Algumas crianças choram ao escovar os dentes, outras fecham a boquinha e tem aquelas que até se escondem!
Lá no blog Mamães em Rede, deixei algumas dicas para ajudar as mamães nesse momento e aqui, deixo uma sugestão de livro bem legal.


Um livrinho lúdico, com frases curtinhas e rimadas, ensina as crianças a escovar os dentes.

JM adora e já sabe contar a historinha de cor!


Abraços, Genis ;)



Aconteceu aqui na minha cidade, a Bienal do Livro, que foi realizada neste fim de semana com o objetivo de aproximar os moradores da leitura. O evento reuniu escritores de São Paulo e Maranhão e entre os autores participantes esteve presente o poeta moçambicano Mahiriri Ossuka



A programação incluiu exposições, sarau de poesia, contação de histórias, teatro, mesa de debates, venda de livros, uma banca para doações de livros e brinquedos para a criançada.


Fiquei muito animada para ir à este evento logo que vi os comerciais. Já tinha ido em uma grande Bienal no Rio, mas aqui na cidade, foi a primeira vez que tivemos um evento desses.


Foi difícil escolher os livros para comprar pra JM. Os preços estavam ótimos e dava vontade de comprar todos!! Mas, JM  escolheu os seus preferidos e tinha que incluir um de Dinossauro, é claro... ou melhor, seis livrinhos de Dinossauros!!





A criança que tem contato com a leitura desde pequena aprende melhor, desenvolve a fala e consequentemente, se comunica melhor. A leitura desenvolve a criatividade e a imaginação. Observo nitidamente todos esses aspectos citados, no desenvolvimento de JM.




 Estimule uma criança a ler:

  • conte histórias diariamente, 
  • procure livros de acordo com a faixa etária da criança,
  • se envolva na história, mostre interesse e prazer pelo o que está fazendo,
  • leve uma criança à livraria, bibliotecas ou eventos em que ela possa ter contato com literaturas diversas,
  • invente histórias,
  • leia, pois seu exemplo é o maior incentivo para seu filho gostar de ler.


Um super beijo! Genis ;)