Olá mamães, 

Comprar roupas para meninos não é tão simples quanto parece. Ao entrar nas lojas a gente observa uma grande variedade de modelos e cores para meninas, mas para os meninos é sempre a mesma mesmice.

Recentemente, conheci a empresa Elian, uma marca que além de priorizar o conforto, segue as últimas tendências deixando os meninos muito mais bonitos. Confiram alguns looks Alto Verão 2014/2015.

 CONJUNTO COM CAMISA EM TRICOLINE COM MEIA MALHA PENTEADA E BERMUDA EM SARJA

 CONJUNTO COM REGATA EM MEIA MALHA PENTEADA E BERMUDA TACTEL

CONJUNTO COM CAMISETA EM MEIA MALHA PENTEADA COM 
MEIA MALHA SENSITIVE E BERMUDA EM JEANS. 

CONJUNTO COM POLO EM MEIA MALHA PENTEADA E BERMUDA EM SARJA 

CONJUNTO EM MEIA MALHA PENTEADA E BERMUDA TACTEL 

A Elian Indústria Têxtil hoje possui 6 marcas para vestir todos os gostos e estilos está presente em todo o país, vestindo todas as gerações. São lindas coleções de bebê a infantil, de teen a adulto.


Conheça mais sobre os produtos da Elian.
Serviço:


José Marcos foi fotografado por Camila Santos.
Serviço:






Bom dia!

Hoje trago para vocês uma receita super fácil, rápida de fazer e de um sabor MA-RA-VI-LHO-SO.

Essa receita é perfeita para um domingo onde almoçamos em família, pois assim aproveitamos mais tempo ao lado deles e não na companhia do fogão. Na verdade é bom em qualquer dia!

Ingredientes:
  • 01 pacote de macarrão ninho de 500g
  • 01 lata de pomarola
  • 01 tablete de caldo Knorr de sua preferência
  • 01 copo de requeijão cremoso
  • 700 ml de água
  • Mussarela a gosto para colocar por cima.

Modo de preparo:
  •  Ferva a água juntamente com o caldo Knorr.
  • Em um recipiente que já vai ao forno (de vidro), forre o fundo com o pomarola, coloque o macarrão ainda cru sob a pomarola.
  • Em cima do macarrão cru coloque o requeijão cremoso, em seguida coloque a água fervida com o caldo Knorr sobre o macarrão.
  • Cubra com a mussarela, revista com papel alumínio.
  • Deixe no forno por 40 minutos e sirva a seguir.

Espero que gostem da receita!!!
Beijos Mi Gobbato 

José Marcos não foi um bebê chorão. Minha vizinha ao me visitar, disse que raramente o escutava chorar e quando escutava achava que ele era "educado", que chorava com educação.... rsrs Mas, realmente ele era educadinho pra chorar. Não costumava ficar aos berros.

No início não conseguia identificar os motivos de seus choros, mas aos poucos fui aprendendo. Tinha o choro da fome, do calor e outros dois choros que foram mais difíceis. 

Um, é que tinha hora que ele não queria colo, ficava incomodado e queria ficar todo a vontade deitado no berço ou em outro lugar. Um dia, na igreja ele começou a chorar, tentei dar de mamar, mas piorou. Então tive que improvisar rapidamente um lugar pra ele se deitar todo espaçoso... e ficou por lá uma meia hora mais ou menos.

O outro chorinho que demorei um pouco pra aprender é quando ele fazia coco, não gostava de ficar com a fralda suja. Então começava o chororô até ser trocado, mesmo que fosse um minúsculo cocozinho, quase imperceptível! 

O que eu sei é que todo bebê chora. Eles não têm outra saída. Como não podem fazer nada sozinhos, os bebês precisam dos outros para conseguirem a comida, o calor e o conforto de que precisam. 

Chorar é o único jeito que os bebês tem de se expressar, de se comunicar. À medida que vão crescendo, eles aprendem outros meios de se comunicar com a gente e, José Marcos abriu muito o bocão até que eu o atendesse e o entendesse.



Há outros motivos pelos quais os bebês choram:

- Fome
- Sono
- Precisam arrotar
- Precisam de colo
- Estão com frio ou calor
- Alguma coisa incomodando, como meias, sapatinhos ou roupinhas apertadas...
- Estão com algum mal estar

Parece difícil descobrir o motivo do choro, mas com paciência, observação e conselho dos mais velhos, você aprende e tira de letra esta fase. 

Beijos, Genis Borges ;)