A escolha da primeira escola


Ano letivo começando e também nossas dúvidas quanto à seleção da escola de nossos filhos...

José Marcos, meu filho, foi para a “escolinha” com apenas cinco meses. Não tive como evitar a ida para a creche depois do fim da licença-maternidade.

Para escolher a creche, onde ele ficaria em horário integral, comecei a procurar ainda grávida e a me informar bastante sobre elas. Considero alguns aspectos importantes, tais como: 
  • metodologia; 
  • experiência dos educadores; 
  • espaço físico, 
  • limpeza e organização; 
  • segurança do local; 
  • localização; 
  • alimentação.

Além disso, conversei com alguns pais que têm filhos nas creches visitadas. Escolas em que fui tratada com indiferença e pressa foram logo descartadas.

Quando meu filho estava com três meses, o levei nas escolas que se enquadravam no padrão de qualidade que eu procurava, citado acima, e o fator decisivo foi o tratamento que tiveram com ele. Considero extremamente importante o preparo dos educadores, e o primeiro contato diz muita coisa sobre eles. Os educadores de uma escola infantil devem gostar de trabalhar com crianças e ter noções de como educar e cuidar delas.

Acredito que cada mãe, pai ou cuidador tenha uma sensibilidade especial para saber qual é a melhor escola para a criança. Analisando cada detalhe, é possível escolher a escola ideal, já que não existe escola perfeita, e sim aquela que atende às necessidades da criança e da família.

A Educação infantil é um momento muito importante na vida de uma criança. Ele continuará a receber estímulos para desenvolver suas habilidades motoras, cognitivas e sensoriais, seu relacionamento com o próximo e suas emoções.

*Post também publicado no blog Vida de Mãe da Nestlé.



Espero que você consiga encontrar a escola ideal para seu(sua) filho(a)!
Abraços,Genis ;)


Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Genis, que bom. É sempre bom receber dicas do "lado" professora que também é mãe. Beijos e ótimo ano letivo para todas nós e todos filhos.

    ResponderExcluir
  2. Amiga! Estive lá e vamos aprendendo sempre com os bons desafios de ser mãe, não é mesmo!! Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei as dicas......nó por sermos professoras olhamos a escola para o nosso filho com outros olhos....sempre mais critico.....bjusss

    ResponderExcluir
  4. Amiga! Vim agradecer pelo seu comentário no meu post no MR. Muito obrigada pelo seu carinho de sempre. Beijos!

    Renata

    ResponderExcluir
  5. Passei por esse processo agora, e com certeza o que mais pesou na minha decisão foi a forma como meu filho foi tratado na escola, na verdade eu digo que quem escolheu a escola foi ele, rsrsrs

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Genis,
    Ótimas dicas! A escolha da escola envolve tantos aspectos, mas temos que sentir confiança e identificação com a nossa dinâmica familiar, afinal queremos sempre o melhor para nossos filhos!
    Parabéns pelo post!!!
    Beijos,
    Larissa Andrade.

    http://maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi... vc como sempre surpreendendo com super dicas!
    Bjss amei!!

    ResponderExcluir