BC: Licença Maternidade Não é Férias


Já ouvi muitos casos de que desde que a mulher anuncia sua gravidez no trabalho, é vítima de preconceito. Imagina quando sai de licença maternidade? Muitas ouvem piadinhas de que licença maternidade é como férias prolongadas e nós, que somos mamães, sabemos que isso não é verdade. Licença maternidade, seja para mães de primeira viagem ou para mamães mais experientes, é um momento total de dedicação ao bebê, adaptação à nova rotina, muitas noites mal ou não dormidas e não tem nada de descanso total e passeios, como acontecem nas férias.

Graças a Deus, eu faço parte da exceção das mulheres que recebem carinho de seus chefes. Em uma das escolas em que trabalhava, na época da gravidez, recebi total apoio da direção e trabalhei somente até os 5 meses em sala de aula e cumpria meu horário executando outras funções (sugestão da vice diretora, pois eu tinha muito enjoo). Na outra escola, continuei trabalhando normalmente, mas tinha uma ajudante e usava exclusivamente o elevador.

Ganhei dois chás de fraldas com muitos presentes e quando saí de licença maternidade, me sentia bem tranquila em aproveitar este momento.

Na minha licença maternidade, tive o privilégio de contar o apoio da minha mãe, que me ajudou muito. Nos 20 primeiros dias ela ficou na minha casa, me ajudando com JM, cozinhando e lavando as roupinhas dele. Meu marido fazia toda a limpeza e lavava as outras roupas e eu ficava exclusivamente para os cuidados de JM.

Quando voltei ao trabalho, recebi muito apoio da coordenação pedagógica. Por muitas vezes precisei faltar. Se JM já manifestava algum tipo de gripe, otite, qualquer coisa, eu me ausentava. Nunca trabalhei deixando JM doentinho em casa. Tirava licença médica juntamente com ele e nunca fui discriminada pelos chefes por isso. 

Como disse, sei que sou exceção e que muitas mamães sofrem assédio moral desde que anunciam a gravidez e sendo solidária à todos elas, eu afirmo:

Licença Maternidade NÃO É FÉRIAS!


Abraços, Genis ;)


Esta blogagem é uma iniciativa do blog: Mamães em Rede.
Participe!



Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Gênis eu como vc minha gravidez foi bem acolhida na empresa onde trabalho, tanto no anúncio como na volta, também tive ajuda de babá e da minha mãe (até hoje :)). Mas mesmo assim a Licença Maternidade não foi férias.

    OBS: Adorei o novo layout do blog :)

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que foto linda!!
    Realmente, tem mamães que passam por situações difíceis na empresa quando anunciam a gravidez!

    Aqui também não tive esse problema, fiquei meus dias de licença com a Yasmin e voltei sem medo de ser mandada embora!


    Beijos

    ResponderExcluir
  3. AMEI o depoimento amiga Genis.
    Muito bem colocado. Você como eu foi uma privilegiada na amamentação. A diferença foi que não trabalhava.
    Estava em outra cidade que não era a minha. Só contava com meu marido que me deu força demais.
    Não tive ajuda dos meus pais queridos... Mas tb não tive intromissão de pessoas inconvenientes.

    Enfim, foi uma amamentação super tranquila. Abençoada posso dizer..

    Tb me solidarizo com as mamães que não tiverem o mesmo privilégio que o nosso..

    E parabéns pra escola que te apoiou e entendeu sempre com carinho seu lado materno.

    Beijos querida... Parabéns pela Blogagem!

    ResponderExcluir
  4. Eu me considero privilegiada também por ter sido muito bem tratada pelos meus chefes que aceitaram super bem apesar de eu ser novata na empresa.
    Quem dera se nós pudéssemos desfrutar de um tempo justo para ficar com nossos pequenos.
    Bjks
    http://makeviagem.blogspot.com.br/2013/04/licenca-maternidade-nao-e-ferias.html

    ResponderExcluir
  5. Linda foto!

    Eu também não tive problema algum no trabalho mas muitas mães sofrem asséédio sim. Essa mentalidade de achar que a licença é um período de férias precisa acabar.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Que linda a nova decoração da sua casa! Amei. Muito mais limpa e profissional! Parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ola mamães

    Deixar nossos baby lindos requer atenção para escolher bons produtos

    Por isso deixo a dica para ajudar na hora de comprar as roupas dos bebes

    São roupas importadas de marcas famosas, principalmente a Carters, Polo, Gap e outras nacionais

    Visite o site

    www.novaversatil.com

    Os preços são super pequenos

    ResponderExcluir
  8. Amiga querida, vim agradecer pelo comentário no meu texto "Organizador de lápis de sementeira"

    É sempre uma alegria ter seu comentário.

    Beijos e fique com Deus

    ResponderExcluir
  9. Oi Genis é bem pertinente este post, eu não tive problemas durante a minha gestação, mas o meu retorno sim, por causa de mero auxilio creche, e para levar a bebe nas consultas tb, fico escutando piadinhas sabe, hoje mesmo eu retornei de féria e passei a madrugada acordada a Julia chorando com dor de dentem, édi ao marido para leva-la sozinho, pois imagina se o chefe ia acreditar que no dia do meu retorno a menina ficou dodói!!

    Bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  10. Que foto mais linda,Genis!O JM era tão grandão!Lindo!Adorei o seu texto e botou o dedo na ferida:o preconceito de quem tira licença maternidade!Infelizmente isso acontece!bjs e boa quinta,

    ResponderExcluir
  11. Amiga, estou aqui para agradecer pelo comentário lá no blog.

    Obrigada por comentar...

    Beijinhos

    Carol Meoli

    ResponderExcluir