Dicas para o primeiro dia de aula

Olá famílias,

Você se lembra como foi seu primeiro dia de aula na faculdade? Eu sim e foi tenso. Apesar de não ser uma pessoa tímida meu coração acelerou demais e fiquei gelada. A turma era bem grande e tudo era tão novo e diferente pra mim. Os dias foram passando e o bate papo e as amizades foram surgindo, mas demorou um certo tempo pra isso acontecer.

Agora, imagina uma criança que começa a estudar ou mesmo que já estude, começar um novo ano letivo, uma nova fase com novos professores e novos amigos? Não é fácil e os pais e educadores precisam estar atentos para aos comportamentos delas nesse início.

A primeira coisa a ser feita é ter paciência. Há crianças "e" crianças, certo? Então, cada uma com suas particularidades vai expressar de uma maneira seus sentimentos sobre essa nova vivência. 

Não adianta ficar comparando uma com a outra, dizer que o amiguinho não tá chorando etc. Isso só faz piorar ainda mais a situação. Converse com seu filho e não despreze o que ele está sentindo naquele momento. 

Há um outro tipo de reação comum também, algumas crianças não choram, mas guardam dentro de si frustrações. Esteja atento. Tenho experiência de ter tido alunos que aparentemente estavam ótimos na adaptação e poucos meses depois, não quiseram ir pra escola e começaram a ter reações de pirraça, choro e até medo.

Desde que José Marcos foi pra escolinha pela primeira vez, não tive problemas grandes de adaptação. Um chorinho aqui outro ali, mas tudo contornável. Penso que a ida pra creche logo bebê facilitou essa transição. Mas, como disse, nem todas as crianças são iguais e se você está passando por um momento mais difícil, deixo algumas dicas que podem ajudar.


  • Sempre fale a verdade para seu filho, não tente enganá-lo. 
  • Diga, transmitindo confiança, que irá voltar pra buscá-lo. Nos primeiros dias, você pode combinar com a escola de buscar mais cedo e ir aumentando o horário com o passar das semanas. Há algumas escolas que já fazem isso no período de adaptação.
  • Converse em casa sobre a nova experiência que ele irá ter. Que conhecerá pessoas novas e fará muitas amizades.
  • Tenha paciência, muita paciência e não desista no caminho.
  • Converse com a direção da escola, diga sobre suas dúvidas e medos. Eu fiz muito isso com a querida diretora da escola de JM e saía sempre muito confortada de lá.
  • Converse com outras mães que já passaram por isso e verás que não está sozinha.

Me conte como foi a sua experiência na adaptação!
Abraços, Genis Borges


Meu Mundo Materno

Professora, psicopedagoga e blogueira de coração. Descobri na maternidade o que defini como sendo a minha verdadeira vocação: ser mãe

14 comentários:

  1. Ótimo post, quando o Gui entrou na escola sempre passei a confiança para ele e conversava com ele explicando que ele ia ficaria um período, o que aconteceria lá e depois eu voltava para buscá-lo, e tentava chegar sempre antes do sinal para ele vê que estava lá sempre

    Bjs Mi Gobbato

    ResponderExcluir
  2. Eu lembro do primeiro dia da faculdade e do primeiro dia do 1º ano. E concordo com cada ponto que você citou. Tentar enganar a criança jamais! Sou a favor de falar a verdade tb e não tem como comparar com outras crianças né?! Nem se forem irmãos. Aqui foi super tranquilo, mas lembro que na metade do ano passado qd mudamos as crianças de escola, a stella sentiu um pouco e chorou bastante nos dois primeiros dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, nada de comparações mesmo se forem irmãos. Cada criança no seu tempo.

      Excluir
  3. Oi Genis
    Ótimo eu post!
    Gostei bastante das suas dicas e duas palavras resumem o que eu penso, confiança e paciência.
    Nenhum começo é muito fácil, mas nos adaptamos às novas realidades, ainda bem não é mesmo?
    Por aqui os primeiros dias de aula geram certa ansiedade, mas logo superada
    Bjs, querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ansiedade é sempre normal, mas nunca devemos deixar de transmitir confiança total aos nossos filhos.
      Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  4. Demonstrar confiança e ter muita paciência é essencial.
    Aqui Bia foi com 2 aninhos e me surpreendeu!!

    ResponderExcluir
  5. Todo começo de ano letivo é tenso por aqui. Meu filhote é bem emotivo e precisa de tempo para essa adaptação. Muita paciência e amor!

    ResponderExcluir
  6. Ótimas dicas. Trocar ideias, conversar muito, se sentir segura e passar essa segurança são fundamentais.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  7. Graças a Deus Gabriel tbm nunca me deu problemas com adaptação. No ano passado ele começou em uma escola nova, confesso que quem ficou receosa foi eu... Mas graças a Deus deu tudo certo.
    Aproveito e te convido para conhecer meu blog, diário da Naty. https://meudiaadiadanaty.blogspot.com.br/
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty, vou lá conhecer o seu cantinho. Agradeço a visita.

      Excluir

Instagram