Por que ler para os filhos?

Você tem o hábito de ler para seu filho? Ler para uma criança é uma atividade prazerosa onde se estreita o vínculo familiar, ajuda na compreensão de mundo por parte da criança; estimula sua criatividade; desenvolve o raciocínio; incentiva a formação de opinião; a descoberta de outras palavras; além de facilitar o aprendizado. Ao ouvir histórias a criança aprende a perceber a oralidade; entende a organização e sequência de acontecimentos; compreende que os fatos podem ser registrados; pode descobrir o prazer pela leitura e escrita; amplia o vocabulário; compreende que as expressões faciais de quem conta histórias estão representadas por sinais de pontuação.

É imprescindível escolher bem o livro a ser apresentado de acordo com a faixa etária e o gosto pessoal da criança. Para os bebês são interessante os livros que podem ser manipulados, inclusive, levados a boca sem oferecer riscos, como os emborrachados e de pano. Os livros sonoros também são bem apreciados por essa faixa etária. Conte histórias curtas e simples. 



Para as crianças maiores, de dois/três anos, passam a chamar atenção, os livros que contém histórias breves e poucos personagens, onde os pequenos podem recontar a história sem o auxilio do adulto, favorecendo a sua autonomia. 




Crianças maiores já podem ser contempladas com enredos mais longos, com variedade de personagens, livros sem escrita, onde ele mesmo é o autor da história, estimulando sua criatividade e autoestima.


  
À medida que vão crescendo, as crianças se atraem mais para a escrita. Com isso, os textos ganham destaque e um sentido novo, ajudando- as a lidarem e superarem seus sentimentos contraditórios, como tristeza, alegria, raiva, ganhar, perder, etc.




Ler para uma criança é um ato de amor. Para contar uma boa história tornar esse momento prazeroso é preciso primeiramente de vontade. Algumas pessoas gostam de interpretar mais e tornar esse momento mágico, outros são mais contidos, mas o fato de você dispor de um tempo para ficar mais perto do seu filho já um grande passo, com o tempo você se desprende da timidez e se torna um grande contador de histórias. A especialista Martha Teixeira, em entrevista a Revista Crescer elaborou estratégias para te auxiliar nesse momento. Confira:


Obs.: Como dica pessoal sugiro que o momento da história não seja somente na hora do sono para que a criança, especialmente as pequenas, não associem a leitura com o momento de dormir, como fim de provocar o sono. Além da criança já estar cansada. Talvez ela não aproveite tanto esse momento tão prazeroso.

Aline Sant'Ana
Pedagoga
Estudante de Psicopedagogia


Fonte:
- Andressa Basilio, Ler para as crianças. Veja a importância desse hábito. Disponível em: https://goo.gl/n8Bj0o. Acesso em 21 de setembro de 2016.
- Priscila Félix, Conversa sobre literatura infantil. Disponível em: https://goo.gl/0CCTA0. Acesso em 21 de setembro de 2016.


Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Aqui nos incentivamos e muito a leitura! Lara não dorme sem uma boa história. Eu conto primeiro e depois peço pra ela contar pra mim, porque isso estimula bastante a criança.

    ResponderExcluir