Dicas para adaptar a criança ao horário de verão

Olá famílias,

Domingo (16) começou o horário de verão e a gente adiantou o relógio em 1 hora. Apesar de ser uma mudança pequena, ela afeta diretamente nas nossas rotinas e no nosso organismo. Eu fico derrubada nas primeiras semanas, fico cansada, mal humorada, preguiçosa pra acordar mais cedo, mas vou tentando ver o lado positivo, como por exemplo, a natação de José Marcos que é à noite e com o horário de verão, ainda está com sol. Nosso reloginho biológico precisa se acostumar e as crianças também sofrem no início.

Nos primeiros dias o apetite da criança pode diminuir, já que o horário das refeições também sofre alteração. Opte por uma dieta mais leve, rica em frutas, verduras e sucos naturais. Siga os mesmos horários das refeições, se você almoçava às 12h continue almoçando às 12h para ajudar o seu horário biológico.

Levar a criança mais cedo pra cama pra que ela se acostume com o novo horário é importante, mesmo que sejam 10 minutos mais cedo a cada dia, o organismo vai se adaptando gradualmente. Alimentos como banana, laranja, abacaxi, hortelã e erva-cidreira estimulam a melatonina, o hormônio natural produzido pelo cérebro durante a noite. Beber bastante água mantém o corpo hidratado e evita interrupções do sono durante a noite. Banhos mornos ajudam as crianças a relaxar. Aqui em casa sempre dou um banho em José Marcos antes de colocá-lo pra dormir.

Há crianças que se adaptam rapidamente e outras que podem demorar alguns dias para se habituar ao novo horário. Paciência nesses primeiros dias do horário de verão é essencial para que a família se adapte à nova rotina.

Aproveite que os dias ficarão mais longos para sair pra passear na pracinha, andar de bicicleta, fazer uma caminhada. No geral, o corpo consegue se adaptar ao novo horário entre uma e duas semanas. Respeite o ritmo individual de cada criança!

Abraços e curtam bastante!
Genis Borges ;) 

0 comentários:

Postar um comentário