Amamentação.... da teoria para a prática

Olá famílias, hoje vou compartilhar com vocês a minha experiência com a amamentação.



Minha recuperação pós parto foi excelente. Meu parto foi cesária e tudo ocorreu dentro do previsto, mas uma coisa que eu não esperava que fosse doer tanto era a amamentação.

Pois é...
Depois de ter lido tanto sobre o assunto e até ter feito dois cursos sobre amamentação, entrando para a prática percebi que não era uma coisa tão simples assim.

O começo foi muito dolorido, chorei muito, mas sempre tinha em mente em não desistir e aguentar até o final. Minha mãe não amamentou nenhum dos 6 filhos e isso me dava forças ainda mais para amamentar e ela foi uma grande incentivadora para que eu não desistisse.

Eu acho que nunca orei tanto na minha vida. Quando José Marcos acordava eu já começa a orar pedindo a Deus forças pra conseguir amamentar o meu pequenino...

Os 10 primeiros dias foram cruéis, mas cada vez que conseguia amamentar, isso era motivo de choro de alegria! Ver meu filho crescendo e engordando graças ao meu leite foi muito prazeroso. Todos os dias eu pensava: Não vou desistir!! Cada dia que terminava era mais um dia vencido, um dia de vitória.

A pediatra do José Marcos tem uma enfermeira que orienta as mamães, ensinando tudo sobre amamentação e isso foi muito importante também, pois durante as orientações eu e outras mamães tirávamos muitas dúvidas e compartilhávamos nossas experiências, medos e frustrações.

Meus peitos aos pouquinhos foram 'enchendo' de leite. No começo eu tinha pouquíssimo leite, mas minha pediatra sempre dizia que não era necessário complemento, pois cada mãe produz o leite ideal para seu filho e eu fui seguindo suas orientações.

Alguns dias meus peitos enchiam tanto que era necessário tirar com a bombinha e meu marido ajudava nessa tarefa que também foi bastante dolorida, pois meus peitos empedravam.


Uma coisa muito importante que aprendi e deixo aqui como dica é que pra amenizar a dor não é preciso comprar pomada nenhuma, o melhor remédio é o próprio leite materno que deve ser espalhado em todo mamilo e aréola, depois deixar o seio livre e, se possível, um banho de sol. Eu segui direitinho essas dicas e consegui realizar o meu sonho de amamentar. Valeu a pena todo o esforço!

José Marcos mamou no peito até os 2 anos e 9 meses. Parou, porque o leite da mamãe aqui secou totalmente nessa época.


Agradeço muito a minha mãe e o meu marido pelo incentivo, carinho e paciência.


Primeira mamada logo após o parto.

Quando meu peito empedrava, tirávamos o leite com a bombinha e dávamos para JM na chuquinha.

JM mamou exclusivamente no peito até os 5 meses e quando acabou a licença maternidade, continuou com o leite materno até 2 anos e 9 meses.

E você amamentou? Conte pra mim a sua experiência com a amamentação.

Um super beijo!
Genis ;)
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Minha experiência com a amamentação...

    ResponderExcluir
  2. Oi querida
    Muito bom seu post e que lindo o seu príncipe pequenininho!
    Com a Letícia, minha primeira filha, amamentei poucos meses. Achava que nao tinha leite suficiente, e ela chorava muito. Não ganhava peso.
    Com o Gabriel me preparei melhor, estava bem mais madura e experiente e aí foi muito bom. Até os seis meses nem água ele tomava. Amamentei até 1 ano e 9 meses e foi muito gratificante. Foi importante ter vivenciado as duas experiências.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Por aqui amamentei os três exclusivamente por 6 meses. Com o Caio doeu bastante no começo, mas com o tempo tudo se ajeitou, quando ia imaginar que no terceiro filho iria ser mais difícil...

    ResponderExcluir
  4. O começo é muito difícil ne. Realmente precisa ter muita força de vontade para continuar e vale muito a pena. Adorei seu relato. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ge, amei o post.
    A amamentação é um momento maravilhoso para a mãe e o bebê, mas os primeiros dias nem sempre são fáceis, né...
    Precisa de muita persistência, uma família que apoie, ajude, oriente, para tudo ficar calmo e tranquilo nesse período...
    Sobre o leite ser o melhor remédio para alivia a dor na aréola, é verdade...
    Compartilhar nossas experiências, sempre pode ajudar outras mulheres...
    Amei as fotos, principalmente a última com aquele sorrisinho do JM.
    Bjs enorme.
    Ju

    ResponderExcluir