Dicas de Amamentação

Olá famílias,

Como falei no post "Amamentação... da teoria para a prática" a amamentação por aqui não foi nada fácil, mas com o apoio de algumas pessoas e muita leitura sobre o assunto, consegui amamentar José Marcos em livre demanda e foi uma experiência incrível!

E pensando em você mamãe, que pode estar procurando informações sobre este assunto, assim como eu procurei um dia, elaborei várias dicas para que consiga amamentar e tenha a oportunidade de vivenciar um momento de muita paz, amor e cumplicidade. 

Dicas de...


Esteja em um lugar tranquilo:  Lembro que recebia algumas visitas na hora que ia começar a amamentar e minha mãe, que ficou no período do meu resguarda, convidava as visitas para outro cômodo da casa. Tanto a mãe quanto o bebê precisam de tranquilidade, principalmente no início.

Faça a pega correta: O bebê precisa abocanhar a aréola em volta do mamilo. Quanto menos aparecer a parte escura do seio (aréola), menos dor você sentirá. A dor é sinal de pega incorreta. Quando José Marcos abria a boca, eu o colocava rapidamente no peito.

Se tiver muito leite, faça a ordenha: Por várias vezes meus seios empedraram e a dor era insuportável! Se isso acontecer com você, faça a ordenha. Meu marido ajudava também com massagens com as pontas do dedo e isso alivia muito.

Intercale os seios: Pode acontecer do filho querer mais um seio do que o outro, mas ofereça o peito rejeitado assim mesmo. Algumas vezes isso aconteceu com José Marcos e sempre era pelo mesmo motivo: a falta de aconchego no colo. Tente identificar o motivo da rejeição.

Use sutiã confortável: O sutiã mais confortável é o de algodão com abertura frontal.

Descanse:
 Eu aproveitava para dormir e descansar nos intervalos das mamadas.

Beba bastante água: Sentir sede é normal e isso acontece porque o corpo precisa repor todo o líquido que perde durante a amamentação.

Evite alguns alimentos: Refrigerantes, café, chá preto, chá mate, adoçantes, alimentos diet/light, leite e chocolate foram indicados para que eu não consumisse. Não existe alergia ao leite materno, mas a ingestão de leite de vaca e seus derivados podem causar algum tipo de alergia para o bebê transmitida pelo leite materno (bebida alcoólica e cigarro NEM PENSAR!).

E não esqueça que o aleitamento exclusivo deve acontecer até os 6 meses de vida do bebê e pode se estender mesmo depois da criança ser introduzida às quatro refeições. José Marcos mamou no peito até 2 anos e 9 meses.


Espero ter ajudado!
Um abraço, Genis Borges ;)

*Todas as informações do texto são minhas experiências pessoais que transformei em dicas. Peça orientação ao seu obstetra e ao pediatra de seu filho sempre que necessário, pois a minha experiência com a amamentação pode ser diferente da sua. 



Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Ótimas dicas, Genis!
    Concordo com você.
    Eu também coloquei em prática e deu certo.
    Gabriel até seis meses, nem água tomava e amamentei até um ano e nove meses
    Bjks mil

    ResponderExcluir
  2. Ótimas dicas. Aqui não restringi nenhum alimento. Só no Caio Henrique que eu cortei leite e derivados mas pq ele era APLV.
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  3. Ótimas dicas, na época do Gui eu sentia mais sede, dessa vez não sinto tanto mas mesmo assim a garrafa de água virou minha companheira, tbm aproveito em alguns dias para descansar quando a Mari dorme

    Bjs Mi Gobbato

    ResponderExcluir